Com a palavra, nossos autores

A revolução é o freio de emergência – atualidade político-ecológica de Walter Benjamin

O ensaísta, filósofo e sociólogo marxista judeu, Walter Benjamin, nasceu neste dia em 1892. Para comemorar seu aniversário, liberamos um capítulo do livro, escrito pelo ecossocialista Michael Löwy, que trabalha as principais teses do autor . A obra, lançada recentemente, está com 20% de desconto até final do mês! Por Michael Lowy, autor do livro "A revolução é o freio de emergência - Ensaios sobre Walter Benjamin" *** Walter Benjamin foi um dos raros marxistas a propor, antes de 1945, uma crítica radical ao conceito de “exploração da natureza” e sua relação “criminosa” com a civilização capitalista. Desde 1928, na...

Continue Lendo →

Contradições entre capital e cuidado

A teórica feminista Nancy Fraser aponta para uma das facetas mais antifeminista do neoliberalismo: a “crise do cuidado”, onde os trabalhos domésticos e de cuidado com idosos e crianças são invisibilizados embora sejam indispensáveis para que a sociedade e a economia capitalista funcionem, gerando uma crise no equilíbrio entre trabalho familiar, pobreza e esgotamento social. Por Nancy Fraser, autora do livro "O velho está morrendo e o novo não pode nascer". Tradução de José Ivan Rodrigues de Sousa Filho (PPGFil/UFSC), publicado na revista Princípios. *** A “crise do cuidado” é, presentemente, uma importante questão publicamente debatida. Frequentemente associada às ideias...

Continue Lendo →

O que acontecerá com o capitalismo após a pandemia? Uma rara conversa entre Julian Assange e Yanis Yaroufakis

Por Yanis Varoufakis | Tradução e introdução do DCM O economista Yanis Yaroufakis, ex-ministro da Economia da Grécia, teve uma rara conversa com Julian Assange, o fundador do Wikileaks sobre economia e geopolítica. Rara porque Assange se encontra hoje num presídio de segurança máxima em Londres e só pode usar o telefone de vez em quando. Ontem, foi um desses dias e ele escolheu Varoufakis para falar sobre a crise atual. Formalmente, Assange está preso por violação da fiança, e todas as evidências contribuem para a interpretação de que, na verdade, é um preso político. Assange aguarda o julgamento sobre...

Continue Lendo →

A pandemia e a irresponsabilidade do mercado financeiro desde a crise de 2008

Em novo livro, o economista marxista Yanis Varoufakis explica, através de sua experiência num governo anti-establishment e uma alegoria reveladora, porque os mercados reagem como crianças mimadas que não podem e nem devem ser contrariadas. Por Leda Maria Paulani* A pandemia do coronavírus, com as duras exigências de isolamento social, provocou, dentre outros resultados, o fechamento das escolas. As consequências da medida para as relações familiares são complexas, com problemas de variada ordem. Para determinados segmentos da classe média brasileira, sobretudo nos estratos mais elevados, um dos desdobramentos mais visíveis é que pais por longo tempo desacostumados de filhos têm...

Continue Lendo →

Reduzir circulação do transporte público é errado e pode agravar disseminação de coronavírus

Aumentos de preços da passagem, diminuição de linhas e aglomeração nos ônibus e trens são consequências do modelo que depende de superlotação para ser viável financeiramente. Crise atual, em que é preciso evitar ao máximo concentração de pessoas, é momento para reavaliar fórmula de remuneração e pensar em alternativas para garantir direito ao transporte para população. Na Finlândia, motoristas de ônibus liberaram as catracas. Por Daniel Santini, autor do livro "Passe Livre – As possibilidades da tarifa zero contra a distopia da uberização" Como uma das principais medidas para tentar evitar a disseminação do coronavírus no Brasil, governantes de diferentes...

Continue Lendo →

Varoufakis, O Minotauro Global e o colapso de 2020

No trecho final de O Minotauro Global, Yanis Varoufakis é categórico ao afirmar que os fantasmas da crise de 2008 ainda voltariam para nos assombrar: e é o que acontece justo agora, na pandemia global de coronavírus, com sérias consequências para o Brasil. Em 2013, dois anos depois de publicar a primeira edição de O Minotauro Global no mundo anglófono, Yanis Varoufakis acrescentou um posfácio no qual ponderava os fatos da crise de 2008, cinco anos após seu acontecimento, e sobre fantasmas que ainda vagavam por aí, prontos a nos assombrar a qualquer momento. O veredicto era claro, estávamos muito...

Continue Lendo →

Chantal Mouffe: “A melhor forma de combater o populismo de extrema-direita é com o de esquerda”

A filosofa política pós-marxista belga diz ter chegado a hora da social-democracia escolher entre aliar-se à esquerda ou à direita. A segunda, diz Mouffe, será a sua morte, a primeira a sua salvação, mas para isso precisará reformular a estratégia e se radicalizar.

Continue Lendo →

As mentiras de Mario Vargas Llosa para defender o golpe na Bolívia

Atílio Boron, autor do livro “O feiticeiro da tribo – A farsa de Mario Vargas Llosa e o liberalismo na América Latina”, que a Autonomia Literária publicará em 2020, expõem detalhadamente como um dos maiores escritores liberais do continente distorce a realidade para apoiar governos milicianos e processos golpistas.

Continue Lendo →

Estamos Todos em Perigo: razões e perspectivas da vitória eleitoral autoritária no Brasil

Por Jean Tible*, autor de Marx Selvagem pela Autonomia Literária, escolhido um dos melhores livros de 2018, na categoria de Sociologia (embora seja muito mais do que isso), pela Revista Quatro Cinco Um Esse país inocente te colocou num gueto no qual, ele, de fato, esperava que você iria perecer. Deixe-me colocar com precisão o que compreendo por isso, o coração da questão está aqui e é a disputa crucial com meu país. Você nasceu onde você nasceu e enfrentou o futuro que enfrentou porque você era negro e não por outro motivo. Os limites à sua ambição já estavam...

Continue Lendo →

Brasil: estamos todos em perigo

As reflexões do antropólogo Jean Tible, autor do livro Marx Selvagem, fazem parte de um conjunto de textos que a editora Autonomia Literária vai publicar nos próximos dias dos seus leitores, autores e colaboradores sobre auto-crítica e reorganização da esquerda *** A vitória, por uma expressiva votação, de um candidato que defendeu abertamente durante a campanha a perseguição, tortura, prisão, morte e exílio de opositores é trágica – para o Brasil e o mundo. Vincent Bevins, jornalista com experiência no Brasil e na Indonésia, chega a dizer que Bolsonaro é mais extremista em seu discurso e posições políticas que Duterte (!). Minha impressão...

Continue Lendo →

Jean Tible – A esquerda se divide em dois polos: quem celebra e quem detesta Junho

Em entrevista ao IHU online, Jean Tible, autor de Marx Selvagem que ganhou novíssima edição que está prestes a ser lançada pela Autonomia Literária no evento América Des-coberta, fala sobre o estado da arte da crise da esquerda brasileira, impasses e alternativas para se constituir novos caminhos. Por Patricia Fachin para o IHU Online “A esquerda se divide em dois polos: quem celebra e quem detesta Junho”, resume Jean Tible à IHU On-Line, na entrevista a seguir, concedida por e-mail. Segundo ele, o “polo” que existe entre a esquerda anti-Junho e a pró-Junho também foi manifestado na greve dos caminhoneiros, que aconteceu no mês passado. “É curioso como parte da esquerda tem...

Continue Lendo →