R$50.00

O Minotauro global – A verdadeira origem da crise financeira e o futuro da economia global

Autor: Yanis Varoufakis
Tradução: Marcela Werneck
Prefácio: Leda Paulani
Ano de publicação: 2016
Formato: 16×23
Páginas: 304
ISBN: 978-85-69536-03-1
Apoio: Fundação Perseu Abramo

Em estoque

Descrição

Neste livro excepcional, o ex-ministro grego das Finanças no governo do Syriza, Yanis Varoufakis, um dos maiores expoentes antiausteridade na Europa, destrói o mito de que a regulamentação dos bancos é ruim para a saúde econômica. Com rigor e profundidade, ele demonstra como a ganância global do setor financeiro foi a principal causa da última crise econômica. Para ilustrar, Varoufakis recorre à imagem mitológica do Minotauro: uma monstruosidade financeira que não deveria existir e, por tal motivo, vive reclusa em um labirinto, exigindo periódicos sacrifícios dos humanos. Após a bulimia que causou o colapso de 2008 – uma crise pior que a Grande Depressão de 1929 e mais dramática internacionalmente que a crise do petróleo nos anos 1970 –, a besta se reergue levantando junto novas dúvidas: como os principais responsáveis pela crise saíram ainda mais poderosos? O que levou os Estados a torrarem suas reservas e comprometerem seus orçamentos para salvá-los? Varoufakis explica com clareza a falência deste complexo sistema que nos jogou na presente crise. E mais do que identificar o caminho deste processo kafkiano, aponta as saídas para reintroduzir a racionalidade numa ordem econômica altamente irracional, jogando luzes neste labirinto histórico no qual se encontram não apenas os gregos, mas também todo mundo, inclusive os brasileiros.

Os economistas heterodoxos estão em moda. Primeiro o Pikkety, sobre a desigualdade, e agora é o Varoufakis, com um relato alternativo sobre a crise econômica.
– El País

Um escritor lúcido e cativante que faz críticas astutas ao modelo econômico que causou o colapso financeiro e a amarga recessão mundial. Seu argumento tem uma envergadura ambiciosa.
– The Times

Um livro espirituoso. O Minotauro Global é uma besta econômica mantida enjaulada só pela constante movimentação mundial de dinheiro via Wall Street
– The New Yorker

Um ciclo econômico está chegando ao fim. Ele começou no início dos anos 1970 com o nascimento do que Varoufakis chamou de “Minotauro Global”, o monstro motor que fez a economia mundial funcionar entre o começo dos anos 1980 até 2008.
– Slavoj Zizek

O livro é uma daquelas publicações raríssimas que podemos dizer ser urgente, oportuna e absolutamente necessária.
– Terry Eagleton

CAPA INTEIRA COM RÉGUA (1)

Leave a Reply

*

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

detail product

    No detail information

about the author

Yanis Varoufakis

Yanis Varoufakis é um economista, acadêmico e blogueiro greco-australiano nascido em 24 de março de 1961 em Atenas, na Grécia. Realizou seus estudos superiores nas universidades de Essex e Birmingham, no Reino Unido, entre 1978 e 1987, mantendo em paralelo ativa militância política. Lecionou em renomadas instituições de ensino superior britânicas, destacando-se nas áreas de Economia Política e Teoria dos Jogos, até se radicar na Austrália, em 1987, onde obteve cidadania. Retornou à Grécia em 2000. Tornou-se professor da Universidade de Atenas e ativo membro da esquerda do Partido Socialista Pan-helênico (Pasok), com o qual rompeu devido à guinada ideológica da agremiação que resultou no desastroso governo do primeiro-ministro Georgios Papandreu. Com o estouro da crise econômica global, em 2008, Varoufakis passou a ser uma das vozes mais firmes contra as políticas de austeridade. Em seu blog, intitulado Thoughts for the post-2008 world (hospedado no endereço yanisvaroufakis.eu), criticou ferozmente as medidas governamentais que puniram populações mais carentes. Filiou-se à Coligação da Esquerda Radical (Syriza), colaborando com os esforços contrários às medidas de austeridade, que foram particularmente perversas na Grécia. No início de 2015, foi eleito membro do parlamento grego e logo convidado pelo premiê Alexis Tsipras para ocupar o cargo de ministro das Finanças enquanto seu país vivia às voltas com a asfixia econômica promovida pela troika – como é conhecido o grupo formado pela Comissão Europeia, Fundo Monetário Internacional e Banco Central Europeu. Sem o apoio do resto do governo para manter o enfrentamento às imposições da troika, deixou o governo na esteira da vitória do “não” na famosa consulta popular realizada em 5 de julho de 2015, quando os gregos se recusaram a aprofundar as medidas de austeridade impostas pelas autoridades europeias. Nas eleições antecipadas de setembro de 2015, resolveu não endossar seu antigo partido e apoiou deputados da recém-criada Unidade Popular, um racha antiausteridade do Syriza. Convicto de que a solução para a crise europeia não será resolvida isoladamente por cada país, Varoufakis se empenhou nos últimos meses na construção do Democracy in Europe Movement 2025, o DiEM (diem25.org/), uma iniciativa pan-europeia, horizontal e em rede que visa democratizar o continente ao longo dos próximos dez anos, lutando ao lado dos movimentos sociais contra a extrema-direita nacionalista e a tecnocracia da atual União Europeia.