Antifa – O Manual Antifascista

Tradução: Guilherme Ziggy
Prefácio: Acácio Augusto e Matheus Marestoni
Revisão: A. Tajra
Páginas: 270
ISBN: 978-85-69536-50-5

R$50.00

Sobre o autor

Mark Bray

Historiador especialista em direitos humanos, terrorismo e radicalismo político na Europa Moderna. Foi um dos organizadores do movimento Occupy Wall Street em 2011 e seu trabalho é referência mundial no debate antifascista. Bray contribui com frequência para meios como o Foreign Policy, Critical Quarterly, Revista ROAR. Atualmente é professor do Dartmouth College.

“Lutamos contra eles escrevendo cartas para que não tenhamos que enfrentá-los com os punhos. Lutamos com os punhos para que não tenhamos que enfrentá-los com facas. Lutamos com facas para que não precisemos enfrentá-los com armas. Lutamos com armas para que não tenhamos que enfrentá-los com tanques.”
— “Murray” de Baltimore

Desde que existe o fascismo, existe o antifascismo – também conhecido como “antifa”. Nascido da resistência a Mussolini e Hitler na Europa durante os anos 20 e 30, o movimento antifa chegou subitamente às manchetes em meio à oposição ao governo Trump, a ascensão da alt-right e o ressurgimento de grupos de supremacistas como o Klu Klux Klan.

Em uma inteligente e emocionante investigação, Mark Bray, historiador e um dos organizadores do Occupy Wall Street, nos oferece um olhar único de dentro do movimento, incluindo uma pesquisa detalhada da história da antifa desde suas origens até os dias de hoje – a primeira história mundial do antifascismo no pós-guerra

Baseado em entrevistas com antifascistas de todo o mundo, o livro detalha as táticas do movimento antifa e a filosofia por trás dele, oferecendo insights sobre a crescente, mas ainda pouco compreendida, resistência contra à extrema-direita.

***

“Focado e persuasivo… O livro de Bray é muitas coisas: a primeira história mundial do movimento antifa, um guia para novos ativistas e um registro dos conselhos dos militantes antifascistas do passado e do presente.”
 — Daniel Penny, THE NEW YORKER

“Movimentos ativistas insurgentes precisam de porta-vozes, intelectuais e apologistas, e para o momento, Mark Bray parece preencher os três requisitos… A contribuição mais esclarecedora do livro é sobre a história das lutas antifascistas no século passado, mas a mais relevante para agora é a justificativa para impedir discursos de ódio e derrotar os racistas.”
— Carlos Lozada, THE WASHINGTON POST

“Rapidamente publicado logo após o presidente dos EUA dizer que havia ‘pessoas boas em ambos os lados’ nos confrontos em Charlottesville, o guia de Mark Bray fornece táticas para aqueles que desejam ‘derrotar o ressurgimento da nova direita’.”
— Alison Flood, THE GUARDIAN

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Antifa – O Manual Antifascista”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.