R$42.00

Dichavando o poder: drogas e autonomia

Coordenação Editorial: Cauê Seignemartin Ameni
Preparação: Júlio Delmanto
Revisão: Coletivo DAR
Capa: Wander Wilson
Diagramação: Manuela Beloni
Selo: Livro Movimento
Ilustrações: André Dahmer & Luciano Thomé
Fotografia: Marcelo Paixão
ISBN: 978-85-69536-04-8

Descrição

Após longos anos de trabalho, estudo e militância pela legalização e mudança da política de drogas, o Coletivo Desentorpecendo a Razão (DAR) apresenta ao leitor esta coletânea de artigos, reunindo e consolidando em um só espaço as principais reflexões da sua caminhada nas trincheiras contra a Guerra às Drogas. Com foco na missão não só de criticar uma guerra inclemente, injusta e fratricida — que lota os presídios e criminaliza principalmente os jovens pobres, negros e periféricos –, os artigos reunidos também pensam nas alternativas concretas experimentadas mundo afora. Trazem relatos dos países que aboliram a “pedagogia do castigo” contra os usuários e críticas à estatização excessiva das soluções. Mirando a saúde, a liberdade e o bem-estar da sociedade, juízes, antropólogos, filósofos, sociólogos, historiadores e movimentos sociais problematizam a forma com a qual a sociedade lida com as drogas no Brasil e apontam possíveis saídas para o atual sistema penal, essa máquina seletiva de moer gente. O DAR, importante ator do movimento antiproibicionista do país, convida todas e todos a entender o cerne de seus argumentos e a se engajar nessa luta estratégica para uma sociedade mais livre.

O livro conta também com ilustrações de André Dahmer, uma versão em quadrinhos para os textos de Walter Benjamin sobre haxixe, feita por Luciano Thomé, e contribuições inéditas relacionadas ao tema elaboradas especialmente para essa obra, escritas por: Paulo Arantes, Maria Lúcia Karam, Henrique Carneiro, Maurício Fiore, Paulo Malvasi, Adalton Marques, Rafael Zanatto, Thamires Regina Sarti, Bloco Feminista da Marcha da Maconha de São Paulo (com colaboração da Ala Feminista da Marcha da Maconha do RJ e de feministas da Marcha de Santos), Ilana Mountian, Isabela Bentes, Carlos Eduardo Torcato e Núcleo Álcool, Drogas e Medicalização do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo.

teste capa 1 018.5 ORELHA DPBRADA

Leave a Reply

*

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

detail product

    No detail information

about the author

Coletivo Desentorpecendo a Razão (DAR)

Coletivo DAR (Desentorpecendo a Razão) é um dos principais organizadores da Marcha da Maconha. O Coletivo busca refletir sobre as alternativas à atual proibição de algumas drogas a partir de pensamentos e práticas identificados com o anticapitalismo e com a busca pela autonomia.