Combo: Mobilidade urbana

Passe Livre – As possibilidades da tarifa zero contra a distopia da uberização
Autor: Daniel Santini
ISBN: 978-85-69536-59-8
Paginas: 154

CARtoons – Atropelando a ditadura do automóvel
Autor: Andy Singer
ISBN: 978-85-69536-17-8
Páginas: 181

R$55.00

Categoria:

Sobre o autor

Andy Singer

Andy Singer é um artista morto de fome, que não para quieto em lugar nenhum. Até recentemente, completava sua pequena renda de cartunista com bicos estranhos, como operador de fotocopiadora (vulgo “tiozinho da xerox”) e pintor (de paredes). Hoje em dia está entregue a esperança de viver às custas do excelente salário de professora que sua esposa recebe.

Daniel Santini

Jornalista com uma pós-graduação em jornalismo internacional pela PUC-SP, Daniel Santini tem estudado sistemas de mobilidade livre em diferentes países e defende a priorização de investimentos em transporte público como melhor estratégia para combater congestionamentos e poluição. Escreve há mais de dez anos sobre mobilidade e trabalhou nas empresas LANCE!, Rede Globo e TV Record, entre outras. Foi coordenador de jornalismo e editor da organização não governamental Repórter Brasil, especializada em defesa de direitos humanos e combate ao trabalho escravo contemporâneo. Em 2012, percorreu de bicicleta todo o trecho de terra da Transamazônica como parte do projeto Cicloamazônia

Tempos difíceis, leituras necessárias.

As medidas autoritárias que presenciamos não só agem pela destruição de nossos poucos direitos garantidos, das formas de existir das minorias e da organização da classe trabalhadora como também pela destruição das condições necessárias para o estudo e a formação política.

Pensando nisso, fizemos combos temáticos que nos ajudam a compreender a ascensão do fascismo, a crise do capitalismo e a pensar estratégias possíveis para sair dessa situação.

Como Nasce e Morre o Fascismo e Como Esmagar o Fascismo são duas obras essenciais que nos ajudam a compreender o que leva essa ordem ao êxito e o que é capaz de detê-lo finalmente.

Lenin já dizia, não há movimento revolucionário sem teoria revolucionária.

Passe Livre – As possibilidades da tarifa zero contra a distopia da uberização

Como a valorização do transporte coletivo pode ajudar a superar desafios crescentes para a mobilidade urbana e minimizar os impactos negativos de aplicativos baseados na precarização de direitos e na falta de regulamentação.

Não é só por 20 centavos. Com este mote o Movimento Passe Livre convocou a população às ruas para protestar contra o aumento das tarifas de transporte coletivo em 2013. Defendendo a possibilidade da livre circulação na cidade, impedida pelas catracas, o chamado reverbera as lutas pelo direito à cidade que têm marcado o horizonte de movimentos sociais nestas primeiras décadas do terceiro milênio. Neste livro, a tarifa zero, política pública que traduz, na prática, uma das dimensões do acesso universal ao transporte, aparece não como horizonte utópico, mas como apresentação e discussão de experiências concretas em diversas cidades do mundo. Trata-se portanto de uma leitura importante para quem acredita que as políticas urbanas podem abandonar o senso comum e as receitas prontas e ousar reinventar a gestão da cidade.

CARtoons – Atropelando a ditadura do automóvel

Em apenas um século a opção pelos carros acabou com a qualidade de vida de nossas cidades! E a forma como isso aconteceu não pode ser mais perversa! Não me refiro apenas à propaganda que de forma enganosa associa status, evolução, modernidade, inteligência, conforto e tudo de bom ao felizardo motorista acompanhado de lindas mulheres e suas famílias estupidamente felizes, num filme encenado em cidades desertas e livres de pessoas.

Me refiro a ampla deterioração de tudo que envolve a circulação desses seres de lata.
Esse século dos automóveis catalisou de tal forma o individualismo inerente as pessoas, que deformou e cegou algumas gerações nas sociedades.

Ao ignorar a escala humana, esse século assassinou alguns milhões de vidas ao longo de toda a cadeia dessa indústria e pior disso tudo, taxou os indivíduos que se recusaram a cair nessa armadilha a motor, de “vilões do progresso”, de “os fracassados”.

É preciso muita convicção e persistência para resistir, além de inspiração e informação! Andy Singer em Cartoons nos provê tudo isso e muito mais. Um humor extra que não sei de onde ele tira!

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Combo: Mobilidade urbana”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.