Oferta!

Combo: como combater o fascismo

Antifa – O Manual Antifascista
Tradução: Guilherme Ziggy
Prefácio: Acácio Augusto e Matheus Marestoni
Revisão: A. Tajra
Páginas: 270
ISBN: 978-85-69536-50-5

Como nasce e morre o fascismo
Autora: Clara Zetkin
Prefácio: Maria Lygua Quartim
Orelha: Demian Melo
Edição: Aldo Sauda & Yuri Lueska
Tradução: Eli Moraes
Capa: Fabrício Lima
ISBN: 978-85-69536-46-8
Páginas: 128

Como esmagar o fascismo
Autor: Leon Trotsky
Tradução: Aldo Sauda & Mario Pedrosa
Introdução: Henrique Carneiro
Revisão: Guilherme Ziggy
ISBN: 978-85-69536-33-8
Ano: 2018

R$115.00 R$92.00

Fora de estoque

Categoria:

Sobre o autor

Clara Zetkin

Clara Zetkin (1857-1933) foi uma líder marxista alemã e amiga próxima de Rosa Luxemburgo. Militante feminista, impulsionou o primeiro Dia Internacional das Mulheres, em 1910. Na década seguinte a 1923 buscou construir uma frente única de luta contra a ascensão nazista na Alemanha.

Leon Trotsky

Leon Trotski, cujo verdadeiro nome é Lev Davidovich Bronstein, nasceu 7 de novembro de 1879 e foi assassinado em Coyoacán, no México, 21 de agosto de 1940. Foi um dos maiores intelectuais marxistas, principal cabeça do grupo revolucionário bolchevique e organizador do Exército Vermelho. Após a morte de Lenin, rivalizou com Stalin a disputa pela hegemonia do Partido Comunista da União Soviética (PCUS).

Mark Bray

Historiador especialista em direitos humanos, terrorismo e radicalismo político na Europa Moderna. Foi um dos organizadores do movimento Occupy Wall Street em 2011 e seu trabalho é referência mundial no debate antifascista. Bray contribui com frequência para meios como o Foreign Policy, Critical Quarterly, Revista ROAR. Atualmente é professor do Dartmouth College.

Desde que existe o fascismo, existe o antifascismo. Nascido da resistência contra os regimes de Benito Mussolini e Adolf Hitler durante os anos 20 e 30, o movimento antifascita chegou subitamente às manchetes em meio à oposição ao governo Jair Bolsonaro, Donald Trump, e a ascensão da extrema-direita global. Nesse combo, selecionamos os maiores teóricos de cada corrente da esquerda radical para detalhar as melhor táticas e estratégias para resistir e combater os governos que além de ameaçar nossas instituições democráticas, colocam o mundo em risco negando a ciência.

No mês de março estamos oferecendo um desconto de 20% em nossos combos como uma forma de apontar a diferença salarial média que prejudica as mulheres trabalhadoras em nosso país.

Antifa – O Manual Antifascista

Desde que existe o fascismo, existe o antifascismo – também conhecido como “antifa”. Nascido da resistência a Mussolini e Hitler na Europa durante os anos 20 e 30, o movimento antifa chegou subitamente às manchetes em meio à oposição ao governo Trump, a ascensão da alt-right e o ressurgimento de grupos de supremacistas como o Klu Klux Klan.

Em uma inteligente e emocionante investigação, Mark Bray, historiador e um dos organizadores do Occupy Wall Street, nos oferece um olhar único de dentro do movimento, incluindo uma pesquisa detalhada da história da antifa desde suas origens até os dias de hoje – a primeira história mundial do antifascismo no pós-guerra

Baseado em entrevistas com antifascistas de todo o mundo, o livro detalha as táticas do movimento antifa e a filosofia por trás dele, oferecendo insights sobre a crescente, mas ainda pouco compreendida, resistência contra à extrema-direita.

Como nasce e morre o fascismo 

A presença crescente de organizações fascistas e de extrema direita no Brasil e no mundo tem despertado interesse de uma nova geração de ativistas. Perguntas importantes tem surgido: o que é o fascismo? Por que ele é uma ameaça tão mortal? Como é possível combatê-lo? É possível neutralizá-lo?

Em 1923, o fascismo era um fenômeno recente que chegava ao poder na Itália. Diante de muita confusão e incerteza, a marxista alemã Clara Zetkin explicou a natureza deste novo perigo, propondo um amplo plano de unidade de todas as vitimas do capitalismo para combater a ameaça fascista.

Os escritos de Clara neste livro apresentam as primeiras análises sobre o fascismo e revelam as principais articulações de resistência contra ele.

Como esmagar o fascismo

Escrito no calor da ascensão do fascismo na Alemanha, França e Espanha em 1930, o líder comunista Leon Trotsky examina a origem de classe e as principais características do movimento fascista. Além disso, aponta quais foram os erros estratégicos que levaram a esquerda perder o diálogo com a classe trabalhadora, não pesar o papel da classe média e compreender as limitações da social-democracia liberal. Para derrotar o perigo dessa ameaça que pode se tornar socialmente suicida, Trotksy elabora uma estratégia internacional para classe trabalhadora salvar a nação e combater o fascismo.

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Combo: como combater o fascismo”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.