Blog

Economia para Poucos: O Raio X do Golpe

Livro, que será lançando em barco pirata na Flip paralela das editoras independentes, traz detalhes do desastre econômica produzido pelo receituário neoliberal em tempos de crise

Economia para Poucos: Impactos Sociais da Austeridade e Alternativas para o Brasil, sob a organização de Pedro Rossi, Ester Dweck & Ana Luíza Matos de Oliveira, é o novo lançamento da Autonomia Literária. Um verdadeiro Raio X da economia política do golpe e de seus efeitos sobre a vida brasileira — ou chame como quiser a ruptura em curso no Brasil de hoje. Não se trata de um panfleto, mas de uma obra rigorosa que pormenoriza o funcionamento que o Brasil tinha até há pouco, quando uma modesta tentativa de Estado bem-estar em um quadro precário conduzia a alguns resultados civilizatórios, e o que passou a ter no atual momento, um implacável mecanismo de austeridade: e aqui não mora apenas uma mera denúncia dos retrocessos sociais e econômicos, ou do desmonte do Brasil enquanto país, mas de como esse dispositivo opera e como incide nas áreas vitais para a nossa sociedade.

Na esteira de outros lançamentos desta editora na área de economia, a qual já teve a oportunidade de publicar autores do quilate Yanis Varoufakis, Ladislau Dowbor e Mark Blyth, a obra destrincha a economia política do nosso tempo, agora terrível e implacavelmente aplicada ao Brasil. Se em 2015, quando iniciamos nosso trabalho editorial, “austeridade” ainda era uma hipótese quase conceitual, ligada às políticas fracassadas ironicamente nos países centrais do ocidente, víamos, no entanto, de maneira diferente: tal fenômeno já se anunciava como uma ameaça bastante presente, e bem pronunciada no nosso horizonte.

Eis a grande questão econômica do nosso tempo, a qual atinge nossa pobre realidade tropical em cheio: infelizmente, estávamos mais certos editorialmente do que gostaríamos, dado o estado atual da nossa economia. Agora, após a greve dos caminhoneiros, quem de boa-fé ainda supunha a austeridade como uma saída possível, nem que fosse temporária, para a salvação da economia, já não pode sustentar mais essa narrativa. Só os vendilhões do templo — ou os adoradores do deus dinheiro.

Clique aqui e garanta já o seu exemplar!

Em 15 capítulos divididos sobre itens variados, o livro atravessa o impacto do que se passou sobre a desigualdade social e as consequências da austeridade na cultura, educação, saúde, previdência social, meio-ambiente, segurança pública, gênero e moradia. Não é apenas a exposição de que estamos, genericamente, diante de retrocessos, mas como era antes e o que está, de fato, acontecendo agora: um voo que nos permite visualizar e quantificar o que se passa — e, o mais importante, o que deixou de se pagar — nas políticas públicas de maneira objetiva e detalhada.

Se o impacto da austeridade mais imediata já se faz sentir, imagine os custos a médio e longo prazos de dispositivos como a Pec do Teto? A obra, mais do que aclarar nossa visão a respeito do que se passa traz uma objetiva, concreta e material profecia acerca do que nos espera, o que não é nada diferente de uma hecatombe social — e consequentemente econômica. A obra, sobre um mal tema, vem, paradoxalmente, em boa hora. Salvemo-nos enquanto (ainda) é tempo.

Clique aqui para acompanhar o evento no Facebook do lançamento.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.