Resenhas

De Canudos à remoção da Nazaré: o 7×1 das violações de empresas alemãs no Brasil

Por Luís Eduardo Gomes para o Sul 21 O que o massacre de Canudos, narrado no livro Os Sertões, de Euclides da Cunha, tem a ver com a remoção de mais de duas mil famílias da Vila Nazaré para a ampliação da pista do aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre? O envolvimento de empresas alemãs. O histórico de violações de direitos humanos das companhias germânicas, que une essas remoções de comunidades pobres separadas por milhares de quilômetros e mais de um século no tempo, é o tema do livro Empresas Alemãs no Brasil: O 7×1 na Economia, que teve seu lançamento em...

Continue Lendo →

Maio ou maios de 68?

Na irreparável brecha na ordem social, penetraram temáticas que nos anos precedentes estariam latentes nas lutas mundo afora. Artigo do professor da USP José Eli da Veiga para o jornal Valor Econômico. As manifestações parisienses que há exato meio século provocaram insólito abalo político foram muito mais impactantes do que ocorrências similares que desde 1967 se multiplicavam por outras plagas. Desencadearam históricas mudanças socioculturais cuja compreensão continua a desafiar as humanidades, a começar pela análise política propriamente dita. Foi só na França que movimentos de universitários e secundaristas catalisaram intelectuais e jovens operários na deflagração de greve geral que paralisou toda uma nação....

Continue Lendo →

Qual o Partido do Pantera Negra?

  Primeiro super-herói negro da história ganha versão cinematográfica, lotando salas do mundo inteiro e gerando boas polêmicas e discussões sobre racismo, colonialismo e as saídas para isso.   Por Hermínio Porto & Hugo Albuquerque O filme do Pantera Negra é um sucesso mundial, amplamente bem recebido, irritando, contudo, parte da esquerda radical e, naturalmente, a extrema-direita racista e anti-negra. A crítica dessa nova extrema-direita tem razões, embora injustificáveis, óbvias: como poderia um negro ser um herói e deter tamanho protagonismo, sobretudo porque nem sequer é um afro-americano, mas africano mesmo. Da parte das esquerdas, existem variadas críticas, algumas a...

Continue Lendo →

Austeridade protege os ricos e aprofunda recessões econômicas, revela estudo

Resenha da veterana jornalista Eleonora de Lucena à Folha de S. Paulo A austeridade é uma ideologia fracassada que é esgrimida pelos ricos para repassar o custo das crises para os pobres. Historicamente tem provocado desemprego, conflitos sociais, guerras. Esse é o cerne de "Austerity, the History of a Dangerous Idea" [Austeridade, a história de uma ideia perigosa], de Mark Blyth. Professor de política econômica internacional na Universidade Brown, ele é doutor em ciência política pela Universidade Columbia, as duas nos EUA. Filho de açougueiro, Blyth nasceu em 1967, na Escócia. Houve tempo em que ia para a escola com furos...

Continue Lendo →